quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Fotografia na escola.

Semana passada, quarta, 5 de Setembro, retomamos com a prática dos nossos aulões no colégio do campo, desta vez convidamos o fotógrafo Francisco Santos para ministrar uma palestra incrível, demonstrando em mais de uma hora de boa conversa - intercalando imagens e magníficos pequenos filmes - todo seu processo criativo e sua história com as lentes, não faltando momentos de descontração e total atenção com as turmas, sorteando dois de seus livros (Anastácia) e doando um exemplar para o colégio... enfim, uma noite com pura absorção da arte através das palavras/imagens. Cine Canelão em Ação!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Arte Muralista.


 Este blogue é direcionado para as inúmeras práticas cineclubistas, mas também trata de assuntos relacionados as outras formas de arte e educação.
Aqui mostro dois belos murais homenageando dois incríveis curitibanos, Poty Lazzaroto e Paulo Leminski.
Ver mais informações nos links abaixo:
Matérias sobre as fotos na página do Núcleo de Educação da Área Metropolitana Norte de Curitiba.









quinta-feira, 6 de julho de 2017

Cinema e Arte Rupestre

 Estas pinturas rupestres (ver fotos abaixo) se encontram na região dos Campos Gerais, no município de Jaguariaíva-Pr. (ver matéria a respeito no link abaixo:
http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/desenhos-de-um-parana-bem-antigo-9a92iy00qldgqmd8pq9cdz5fy). Fui visitar o local com o intuito de conhecer principalmente as artes rupestres que, por segurança, mantêm-se propositalmente ‘’escondias’’, existindo a preocupação de serem danificadas (algo muito comum no Brasil, Niède Guidon que o diga) já que um excessivo número de turistas sem conscientização levaria a este risco eminente, ou seja, se perder algo ainda pouco estudado (poucas universidades visitaram o local). Por ‘’sorte’’, o acesso é difícil, quase impossível de se chegar sem a ajuda de um guia.
 Mas o que esta minha visita tem a ver com a Sétima Arte?
 Muit@s estudios@s, nas mais variadas áreas, tecem hipóteses ou mesmo teorias de que nossos antepassados do Paleolítico e Neolítico já construíam narrativas representando a imagem em movimento através das pinturas rupestres (ver interessante matéria neste link: http://www.superinteressante.pt/index.php/historia/artigos/635-cinema-pre-historico
e a partir das fotos que aqui publico, podemos citar algumas obras cinematográficas sobre o período pré-letrado da humanidade, com dois clássicos e um documentário não tão conhecido.
 Possivelmente o filme que me tenha aguçado (desde criança) o gosto pelo cinema tenha sido 2001: Uma Odisseia no Espaço (Stanley Kubrick, 1968), pois quando as cenas iniciais da obra remetem à ‘’Aurora do Homem’’ (humanidade) e na sequência primordial em que um de nossos longínquos antepassados desenvolve consciência, transformando um pedaço de osso em arma e a cena em que arremessa para o alto a ‘’arma-osso’’ e esta se transforma em uma nave espacial... talvez sendo a mais incrível elipse da história do cinema.
 Outra obra, que apesar de conter alguns equívocos pré-históricos (que não tiram a grandiosidade da película) é A Guerra do Fogo (Jean-Jacques Annaud, 1981), filme bem recebido pelas turmas-tanto do ensino fundamental como do médio, e se bem contextualizado, rendem boas atividades e debates (Cineclubismo e Educação ver mais neste blog).
 Encerrando (ou continuando) milhares de anos de história humana, indico a Caverna dos Sonhos Esquecidos (Werner Herzog-2010), documentário que retrata de forma magistral as pinturas na caverna de Chauvet, França.
Enfim, três filmes para se trabalhar em sala de aula ou delirar com a incrível capacidade intelectual humana desde tempos imemoriais...
Prof. Cássio Marcelo de O. Alves.










quinta-feira, 30 de março de 2017

Cinestêncil

A atividade cineclubista no meio educacional atuando com outras formas de arte... Aqui vemos fotos de trabalhos realizados pelos estudantes participantes de uma oficina (por mim ministrada) introdutória a técnica de estêncil, realizada após a exibição de obras de Charles Chaplin. 
Cine Canelão em Ação!
 Cineclubismo no ambiente escolar proporcionando entretenimento e conhecimento.

Prof. Cássio Marcelo de O. Alves.



terça-feira, 4 de outubro de 2016

Cine Canelão em Ação! Nova exibição cineclubista.

O Colégio Estadual do Campo Nossa Senhora das Graças (Canelão), localizado na área rural de Itaperuçu (Região Metropolitana Norte de Curitiba) irá receber mais uma mostra nacional. Cineclubismo contribuindo com a educação pública.
Ver mais no link:

https://www.dropbox.com/sh/egd6jj8jlbg0qqa/AABOK5ZUNsT5ObmbuxQgppQka?dl=0

Prof. Cássio Marcelo de O. Alves.

terça-feira, 19 de julho de 2016

A (não) preservação dos cinemas de rua.

 Dois exemplos de prédios históricos no Paraná, com usos voltados para a cultura, porém, um deles está em desuso e outro sendo restaurado.
 O Cine Teatro Plaza trata-se de um dos últimos cinemas de rua ainda ‘em pé’ no Estado, poderia estar sendo utilizado como importante bem cultural para a cidade de Maringá, mas permanece degradado e ameaçado pelo abandono.                                                                                                                                                           (Mais informações em: http://www2.maringa.pr.gov.br/cultura/?cod=teatro/5 e http://maringa.odiario.com/maringa/2014/01/campanha-pede-revitalizacao-do-cine-teatro-plaza-de-maringa/797349/)

A outra foto (noturna-minha autoria) mostra a restauração do antigo quartel do Exército Brasileiro na Rua Riachuelo, em Curitiba, que dará espaço a um complexo de cinemas de rua com cursos, oficinas e espetáculos voltados para a Sétima Arte.   
                                                                                                                                                              (Ver mais em: http://www.gazetadopovo.com.br/caderno-g/cinema-ganha-espaco-na-riachuelo-1iks0yivzyta34qbstyk82fke).


Prof. Cássio Marcelo de O. Alves.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Cachorros na História, Frio e Cinema


 Recuperei a foto abaixo (caixa abrigo) depois de uns três anos, ela foi feita quando passava pelo terminal de ônibus de Alm. Tamandaré, percebendo que servia como proteção contra o frio para os cães que lá residem ( tem uma que adoro), isso me fez lembrar dos inúmeros cachorros (e cachorras) que foram protagonistas nas telas de cinema, entre alguns dos mais famosos estão: Lassie, Rin-Tin-Tin, Benji, Hachiko... chegando a filmes mais fortes como Amores Perros do genial Alejandro González Iñárritu (entre outros).

  Dando uma dica de leitura (em que são citados totoulos-cachorros-famosos na telona), o livro Os 100 Cães que Mudaram a Civilização-Os Cães Mais Influentes da História. (Sam Stall-Editora Prumo).
 E como este inverno será ainda mais rigoroso, espero que os totoulos dos terminais tenham outros abrigos para se protegerem. (Prof. Cássio Marcelo de Oliveira Alves).