terça-feira, 4 de outubro de 2016

Cine Canelão em Ação! Nova exibição cineclubista.

O Colégio Estadual do Campo Nossa Senhora das Graças (Canelão), localizado na área rural de Itaperuçu (Região Metropolitana Norte de Curitiba) irá receber mais uma mostra nacional. Cineclubismo contribuindo com a educação pública.
Ver mais no link:

https://www.dropbox.com/sh/egd6jj8jlbg0qqa/AABOK5ZUNsT5ObmbuxQgppQka?dl=0

Prof. Cássio Marcelo de O. Alves.

terça-feira, 19 de julho de 2016

A (não) preservação dos cinemas de rua.

 Dois exemplos de prédios históricos no Paraná, com usos voltados para a cultura, porém, um deles está em desuso e outro sendo restaurado.
 O Cine Teatro Plaza trata-se de um dos últimos cinemas de rua ainda ‘em pé’ no Estado, poderia estar sendo utilizado como importante bem cultural para a cidade de Maringá, mas permanece degradado e ameaçado pelo abandono.                                                                                                                                                           (Mais informações em: http://www2.maringa.pr.gov.br/cultura/?cod=teatro/5 e http://maringa.odiario.com/maringa/2014/01/campanha-pede-revitalizacao-do-cine-teatro-plaza-de-maringa/797349/)

A outra foto (noturna-minha autoria) mostra a restauração do antigo quartel do Exército Brasileiro na Rua Riachuelo, em Curitiba, que dará espaço a um complexo de cinemas de rua com cursos, oficinas e espetáculos voltados para a Sétima Arte.   
                                                                                                                                                              (Ver mais em: http://www.gazetadopovo.com.br/caderno-g/cinema-ganha-espaco-na-riachuelo-1iks0yivzyta34qbstyk82fke).


Prof. Cássio Marcelo de O. Alves.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Cachorros na História, Frio e Cinema


 Recuperei a foto abaixo (caixa abrigo) depois de uns três anos, ela foi feita quando passava pelo terminal de ônibus de Alm. Tamandaré, percebendo que servia como proteção contra o frio para os cães que lá residem ( tem uma que adoro), isso me fez lembrar dos inúmeros cachorros (e cachorras) que foram protagonistas nas telas de cinema, entre alguns dos mais famosos estão: Lassie, Rin-Tin-Tin, Benji, Hachiko... chegando a filmes mais fortes como Amores Perros do genial Alejandro González Iñárritu (entre outros).

  Dando uma dica de leitura (em que são citados totoulos-cachorros-famosos na telona), o livro Os 100 Cães que Mudaram a Civilização-Os Cães Mais Influentes da História. (Sam Stall-Editora Prumo).
 E como este inverno será ainda mais rigoroso, espero que os totoulos dos terminais tenham outros abrigos para se protegerem. (Prof. Cássio Marcelo de Oliveira Alves).



sábado, 23 de janeiro de 2016

Cena Marvel

 Existem alguns exemplos de personagens do universo HQ Marvel que foram transportados para a tela do cinema, Homem de Ferro, O Incrível Hulk, Thor, Os Vingadores e Demolidor, entre outros.
Nos idos da segunda metade da década de 1980 (se não me engano) completei este álbum de figurinhas do Mundo Marvel (passei o que restou no scanner) e ele é muito interessante, pois descreve as características físicas (e o poder) de cada personagem, e o legal é que vinha encartado um óculos 3D para ser utilizado na visualização das figurinhas cromo, pena que o álbum não está mais completo, algumas páginas se perderam com o tempo...
 Diante dos restos deste álbum pode-se ter uma noção de como o cinema ainda pode explorar os/as heróis, heroínas e vilões das páginas para a telona.                                                                                                                                                                                                     
Cássio Marcelo de O. Alves.




terça-feira, 20 de outubro de 2015

Cinema e Educação. Duas mostras.

  O Cine Canelão em Ação! do Col. Est. Do Campo Nª Sª das Graças foi selecionado para participar da ação Cineclubes Livres da 14ª Mostra do Filme Livre-2015 e do Circuíto Tela Verde... e isso é uma honra para nossa comunidade escolar, pois, entre centenas de inscritos, nosso cineclube foi contemplado com duas mostras exclusivas.
Duas ações cineclubistas realizadas no mês de agosto envolvendo cinema e educação...
Professor Cássio Marcelo de O. Alves.




terça-feira, 21 de julho de 2015

Cineclubismo e Educação.

 Sexta-feira 26/6, foi realizada no Col. Est. do Campo Nossa Senhora das Graças (Itaperuçu-PR) uma excepcional sessão de curtas metragens nacionais...
A singela mostra iniciou-se com "Truques, Xaropes e Outros Artigos de Confiança" (Dir. Eduardo Goldenstein, 2003), seguido de "O Dia em que Dorival Encarou o Guarda" (Jorge Furtado e Pedro Goulart, 1983) e por último, uma homenagem aos festejos juninos com "São João do Carneirinho" (Tarcísio L. Puiati, 2004). Uma sessão que abrangeu resumidamente a qualidade do cinema brasileiro em variadas épocas no formato do curta metragem.
Aqui agradeço a especial contribuição do secretário Alisson (e demais participantes que integram a equipe do Canelão, além dos/as estudantes, claro), Prof. Lucas e da direção do colégio na realização da atividade cineclubista. Lembrando que o Cine Canelão em Ação! foi contemplado com a Mostra do Filme Livre 2015.
Abaixo, ver os links para assistir aos curtas.


quarta-feira, 20 de maio de 2015

Cinema e Greve (três filmes).


 Estamos passando por históricos momentos na Educação Pública do Estado Paraná, depois das dantescas cenas de violência ocorridas entre os dias 28 e 29 de abril em que mais de 200 pessoas saíram feridas em um protesto que reuniu milhares de professores(as) na Pç. Nossa Sª de Salete (ou Pç. 29 de abril), superando em muito as violências sofridas pela categoria no outro histórico 30 de Agosto de 1988. 
 Comento brevemente três obras cinematográficas por mim assistidas que se enquadram na situação atual em que passamos/enfrentamos e que de alguma maneira retratam a luta de trabalhadores(as) e a ação sindicalista como forma de resistência e lutas pelos seus direitos. A seguir, recomendo assistirem aos clássicos “A Classe Operária Vai ao Paraíso” (1971) dirigido por Elio Petri, "O Homem que Virou Suco” (1981) dirigido por João Batista de Andrade e “Eles Não Usam Black-tie” (1981) de Leon Hirzman. Existem dezenas de outras obras cinematográficas marcantes do cinema abordando a temática sindical-laboral , mas aqui, publico os cartazes (e links para serem assistidos) destes três filmes que me emocionaram de variadas formas...ficando minha sugestão para que sejam assistidos para fortalecermos nossa união na luta.



Cássio Marcelo de O. Alves